6 celebridades feministas que também arrasam no mundo da moda


Gostem ou não, a cada ano a luta das mulheres (e, consequentemente, do feminismo) tem crescido consideravelmente. E, especialmente, em março, essa bandeira fica muito mais visível - desde o início do século passado, no dia 8 desse mês é comemorado o dia internacional da mulher. E nada melhor do que passar esse dia tão importante lembrando (e descobrindo) mulheres que, além de lutarem pelos seus direitos, ainda arrasam no mundo da moda

Amandla Stenberg: a atriz teen de apenas 17 anos é ativista feminista e militante do movimento negro, e desde novinha sempre teve um discurso empoderador. "(...) mas sabemos que as mulheres são multifacetadas. As mulheres podem falar sobre moda, ciência e biologia no mesmo fôlego. Somos ambiciosas. Somos afetivas. Uma coisa não exclui a outra.", disse em uma entrevista, lá em 2015. E olha esse estilo! Meu preferido da lista, sem sombra de dúvidas!


Taylor Swift: que o estilo da Taylor é impecável a gente já sabe, mas só nos últimos anos que a cantora expôs o seu lado feminista - segundo ela, começou a se importar com o movimento depois de entender o real significado da palavra


Emma Watson: a grande ícone feminista mundial! A atriz e ativista faz questão de sempre trazer o assunto à tona em entrevistas e redes sociais. Em 2014, por exemplo, ao dar um discurso em um evento da ONU Mulheres, onde era embaixadora na época, falou sobre a importância dos homens também lutarem pelos direitos das mulheres. Toma aqui sua coroa, Bela!


Ariana Grande: a pop star de 23 anos já até apareceu nas manchetes mundiais ao apontar machismo numa entrevista de rádio, em 2016! Na sua última turnê, inclusive, uma das interludes (intervalos) é de um vídeo com uma mensagem feminista (assista legendado aqui!).


Beyoncé: a cantora ficou consagrada como uma das maiores imagens do feminismo negro atual com o lançamento do seu último ábum e turnê, Formation. Assim com a Ariana, a cantora fazia questão de lembrar o show todo sobre a importância do feminismo (assista um trecho aqui).


Jennifer Lawrence: a atriz, em 2015, falou para uma revista sobre a desigualdade salarial em Hollywood e a sua indústria extremamente sexista. Ela ainda disse que "não sabe porque essa palavra é tão assustadora para as pessoas (...) não deveria ser assim, porque isso significa apenas igualdade".


É importante lembrar que o FEMINISMO não coloca e nem pretende colocar as mulheres acima dos homens. A luta é por uma IGUALDADE de gêneros, de salários, direitos e oportunidades, e por uma sociedade menos sexista e machista. ;)
"O feminismo não está aqui para te ditar regras, não é prescritivo, não é dogmático. Tudo o que estamos fazendo é dando-lhe uma escolha. Se você quer concorrer a presidente, você pode. Se você não quiser, isso é maravilhoso também." - Emma Watson
Tanta mulher topzera nesse mundo que faltou espaço, né? Vocês acham que eu esqueci de colocar alguma? Me contem! E quais outros posts sobre o #MêsDaMulher vocês gostariam de ver aqui no blog?

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.